Home
História da Quadrangular
Cultos on-line
Pedidos de oração
Diaconato
Louvor e adoração
Estudos Bíblicos
Galeria Fotos

Radio Ieqpalmira

Facebook

Fale conosco

Em memória Pr. Jonas da Lapa

Localização



Cultos On-line - Texto

Descansar em Deus e viver seu propósito

Leia:  1 Coríntios 12:1-30

 Em nossos dias, é bastante comum nos sentirmos pressionados à produzir o tempo todo, à estar sempre comprometido em algo grandioso com o fim de impressionar os outros. E quando isso não acontece, podemos ser considerados como pessoas preguiçosas e acomodadas.

Durante a criação do mundo Deus criou todas as coisas que existem. Cada dia, Ele criava algo lindo, declarava que era bom, e após criar o ser humano, descansou no sétimo dia, ou seja, parou para contemplar, desfrutar do trabalho realizado.

O Senhor nos ensina, portanto, que depois de um trabalho bem realizado, precisamos saber parar. Não é no acúmulo de tarefas que somos abençoados.

Você pode estar produzindo muito, mas está vivendo o propósito de Deus?

Caso não esteja dentro do propósito, de nada adiantará assumir compromissos e mais compromissos somente para contentar outros.

Em Marcos 1:35 diz: “De madrugada, quando ainda estava escuro, Jesus levantou-se, saiu de casa e foi para um lugar deserto, onde ficou orando”.
Jesus saiu para orar porque desejava ouvir do Pai qual direção que Ele deveria seguir. E ao terminar a sua oração Pedro chegou e disse: “Todo mundo está à sua procura”.  E Jesus respondeu: “Vamos partir para as cidades próximas para que eu possa anunciar as Boas Novas lá também, pois foi para isso que eu vim”.

Jesus recebe a direção de Deus e segue no propósito para o qual Deus tinha lhe imputado.

Jesus não cede a pressão que tentavam colocar sobre Ele. Ele não tenta agradar as pessoas a qualquer custo. Ele fica focado na missão de cumprir o propósito para qual foi enviado.

A igreja de Coríntios tinha muitos dons, mas era carnal. Os dons do Espírito concedidos por Deus à igreja de Corinto tinham por finalidade prepará-la e santificá-la para o serviço do Evangelho: a proclamação da Palavra de Deus. Todavia, além daquela igreja não usar corretamente os dons que recebera do Pai, tinha em seu meio divisões, inveja, imoralidade sexual, etc. 

A igreja de Coríntios estava em conflito, e estava realizando o propósito de qualquer jeito. E através do apóstolo Paulo, Deus ensina a igreja como deveria ser a manifestação dos Dons do Espírito na igreja.

Os dons espirituais são uma manifestação da graça de Deus concedida pelo Espírito Santo e são fundamentais no crescimento e desenvolvimento da Igreja.
Algumas pessoas querem os dons de cura, de operação de  maravilhas, variedade de línguas, profecia, para aparecer e sentir que são mais importantes que as outras pessoas.

Os dons de Deus não são distribuídos para proveito pessoal.

A distribuição dos dons espirituais na Igreja, visam o crescimento e bem estar do Corpo  de Cristo, como está escrito em 1 Coríntios 12:7-11.  É o espírito que acrescenta para o bem de todos e não é individual. Por isso que o Senhor dá vários dons para que se apliquem para necessidade de todos. Não existe um dom maior ou menor, um mais importante ou menos importante cada um deles opera para ser suprida as necessidades do corpo.

O Dom Espiritual não é dado a uma pessoa para deixá-la em destaque. Deus mostra que o pequeno e grande órgão têm a sua importância.

O propósito dos dons espirituais não é para a promoção pessoal, é para os santos para o desempenho e desenvolvimento dos ministérios (Efésios 4:11-14). Os Dons Espirituais não são propriedades particulares, são para servir aos outros. Os dons são recursos concedidos por Deus para fortalecer e edificar a Igreja espiritualmente.

O apóstolo Paulo compara os dons a órgãos do corpo humano, e ensina que cada um deles é de fundamental importância para qualidade de nossa vida.

O Senhor faz questão de honrar aqueles órgãos que parecem insignificantes para mostrar que todos são importantes no corpo.

Independente da função que cada órgão realiza, cada um depende do outro para que o corpo continue funcionando, perfeitamente saudável.

O Senhor mostra que, independente do dom recebido todos são de importantes, e que deve caminhar pelo mesmo sentindo e ter o mesmo propósito e a mesma missão conforme a vontade de Deus.

Deus jamais daria um dom a uma pessoa para que ela se envaidecesse. Aos olhos de Deus, todo o trabalho realizado dentro do propósito é proveitoso.

Aprenda que não é assumindo inúmeros compromissos que irá ter bons resultados.

Os dons do Espírito são dados para promover unidade, humildade, perdão, amor, misericórdia ao pecador e ao próximo.

Se você está produzindo muito chegando ao ponto de se achar superior e independente das outras pessoas, então chegou o momento para uma pausa e reflexão: Será que todas as coisas que estou realizando está alinhada com a vontade do Senhor para minha vida?

Em muitos momentos do ministério de Jesus, Ele manda os apóstolos descansar. Jesus queria que os apóstolos estivessem dentro do propósito. Não adianta realizar inúmeras coisas fora do propósito de Deus, isso só irá causar cansaço, frustração e insatisfação. O Senhor nos ensina que importa é o que Deus quer para nossa vida. Não é grande volume de trabalho que importa e sim propósito.

Se você está se sentindo cansado e que o trabalho realizado está sendo um fardo muito pesado:  Pare, descanse e volte ao propósito!

Não viva segunda a sua vontade, se livre de todo peso, pressão e opressão. Viva a vontade de Deus para sua vida. Não se deixe ser pressionado por pessoas ou circunstâncias. Reflita:  Qual é a prioridade que Deus quer para minha vida?

Não queira ser o que não dá para você ser, mas queira ser o que Deus planejou para você ser.

Tem muitos irmãos cansados, desejando desistir do propósito. Lembre-se: todos nós precisamos do Espírito Santo de Deus, só assim temos vitória.

O que Deus espera de você?

Quando o pai de família cumpre os seus propósitos, vai educar e criar filhos saudáveis. Casamentos saudáveis vão ajudar outros casamentos destruídos. Pessoas prósperas vão ajudar as outras em dificuldades. Cada parte do corpo realizando sua função dentro do corpo.

Como você está gastando o seu tempo? Como você tem realizado a sua missão?  Não queira fazer a missão do outro.

Cada um deve estar no propósito que Deus concedeu e com isso todos serão abençoados no corpo. Não adianta acumular trabalho fora do propósito porque não vai ser produtivo, trará apenas cansaço para sua vida.

Deus quer a sua felicidade. Ele quer que você tenha qualidade de vida. Deus deseja que você tenha um relacionamento saudável com seus filhos sua família e com Ele, sendo assim você crescerá em quantidade e qualidade.

Não gaste o seu tempo precioso com coisas desnecessárias. Assuma compromissos que estejam dentro do propósito de Deus para sua vida.

Dom não é sinal de superioridade espiritual. Os dons do Espírito são concedidos pela graça de Deus. Nunca devemos usar os santos dons de Deus em benefício particular, como se fosse algo exclusivo de certas pessoas.

Que a manifestação dos Dons do Espírito seja real na sua vida. Mas ao recebê-lo entenda que o derramamento do seu Espírito não é para o bem individual, e sim para o bem de todos. O apóstolo lembra que os dons só têm razão de existir quando o portador preocupa-se com a edificação da vida do outro irmão em Cristo (1Co 14.12)

                                                                                                                                                

Igreja do Evangelho Quadrangular do Jardim Palmira e Pari.
Pastor Marlon Góes. (10 de Novembro de 2019)