Home
História da Quadrangular
Cultos on-line
Pedidos de oração
Diaconato
Louvor e adoração
Estudos Bíblicos
Galeria Fotos

Radio Ieqpalmira

Facebook

Fale conosco

Em memória Pr. Jonas da Lapa

Localização



Cultos On-line - Texto

 

“À lei e aos mandamentos”

Leia: (Isaías 8.11-22)
11 Porque assim o Senhor me disse com mão forte, e me ensinou que não andasse pelo caminho deste povo, dizendo:
12 Não chameis conjuração, a tudo quanto este povo chama conjuração; e não temais o que ele teme, nem tampouco vos assombreis.
13 Ao Senhor dos Exércitos, a ele santificai; e seja ele o vosso temor e seja ele o vosso assombro.
14 Então ele vos será por santuário; mas servirá de pedra de tropeço, e rocha de escândalo, às duas casas de Israel; por armadilha e laço aos moradores de Jerusalém.
15 E muitos entre eles tropeçarão, e cairão, e serão quebrantados, e enlaçados, e presos.
16 Liga o testemunho, sela a lei entre os meus discípulos.
17 E esperarei ao Senhor, que esconde o seu rosto da casa de Jacó, e a ele aguardarei.
18 Eis-me aqui, com os filhos que me deu o Senhor, por sinais e por maravilhas em Israel, da parte do Senhor dos Exércitos, que habita no monte de Sião.
19 Quando, pois, vos disserem: Consultai os que têm espíritos familiares e os adivinhos, que chilreiam e murmuram: Porventura não consultará o povo a seu Deus? A favor dos vivos consultar-se-á aos mortos?
20 À lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, é porque não há luz neles.
21E passarão pela terra duramente oprimidos e famintos; e será que, tendo fome, e enfurecendo-se, então amaldiçoarão ao seu rei e ao seu Deus, olhando para cima.
22 E, olhando para a terra, eis que haverá angústia e escuridão, e sombras de ansiedade, e serão empurrados para as trevas.”

Muitas vezes, estamos em nossa rotina diária quando percebemos que algo não está bem.  Algumas situações começam a surgir e nos deixar aflitos, porque nos causam insegurança, como quando há um diagnóstico de enfermidade, ou uma crise que se instala no casamento, ou ainda ameaça da perda do emprego. Essas circunstâncias podem ser chamadas de: rumores de guerra
Todos estão sujeitos a passar por essas dificuldades e, portanto nessas horas torna-se extremamente importante, se receber bons conselhos, devido a necessidade da tomada de decisões.
Bons conselheiros nos ajudam a tomarmos decisões acertadas, porém os maus conselheiros nos levam à ruina.
Os bons conselheiros compartilharão conosco a Palavra de Deus e não apenas suas experiências pessoais. Porque eles temem a Deus, que significa que eles: adoram, obedecem, se desviam do mal e se consagram ao Senhor.
O texto acima citado começa dizendo: “O Senhor falou comigo com veemência...”. Se você anseia por tomar boas decisões é vital que o ouça com toda atenção. A quem você tem dado ouvidos? É preciso parar tudo para ouvir a Deus. Não há como tomarmos boas decisões sem ouvir com seriedade ao Senhor!
O povo de Israel estava se perdendo em meio as suas motivações e inclinações maldosas, por isso para mudar o rumo de suas vidas, precisavam parar de falar e ouvir a Deus.
“não chamem conspiração a tudo que esse povo chama conspiração” (v.12). Para tomarmos boas decisões precisamos valorizar a verdade. O povo estava pecando e quando começaram a sofrer, não assumiram seus erros, não se arrependeram, ao contrário gritavam: “Conspiração!”, querendo ser passar por vítimas, quando na verdade eram os culpados. Os bons conselheiros nos levam a tomarmos boas decisões que são pautadas pela razão e verdade. 
Os bons conselheiros sempre nos falarão para temermos a Deus. Suas palavras nunca se oporão ao padrão de Deus para nós de honestidade, santidade e verdade.
Os maus conselheiros também são mencionados por Isaías. São aqueles que te falarão  para apelar para os mais vis enganos e abominações: “procurem médium ou alguém que consulte espíritos e murmure encantamentos...” (v.19). Quando isto acontecer a única atitude correta é responder: “À lei e aos mandamentos”. Somente a Palavra de Deus é que deve governar, dirigir nossa vida!
Cuidado, para que os rumores de guerra não te ceguem e te faça uma pessoa esquecida da Lei e dos mandamentos. Olhe hoje para o seu chamado, lembre-se de tudo o que Jesus já fez em você e por você! Esta é também uma maneira de dar ouvidos para o Senhor! Esta atitude te encorajará a confiar em Deus e continuar lutando.  O mau conselheiro soprará em seus ouvidos que o seu testemunho não tem valor, mas não dê ouvidos a ele. Os maus conselheiros vêm para tentá-lo a negar a Palavra e seu testemunho. Não se deixe mais influenciar por eles! Diga bem alto: “A lei e aos mandamentos!”.
“Aflitos e famintos vaguearão pela terra; quando estiverem famintos, ficarão irados e, olhando para cima, amaldiçoarão o seu rei e o seu Deus. Depois olharão para a terra e só verão aflição, trevas e temível escuridão, e serão atirados em densas trevas” (vs.21-22). Quando se dá ouvidos para os maus conselhos, logo surge a distorção dos fatos. A culpa da vida do povo estar horrível era somente deles e, no entanto, eles culpam todos os outros e até a Deus. Se deres vazão para suas vontades e maus conselhos, você também distorcerá a verdade.  Esta é a razão porque tantos que se deixaram levar por seus pecados, hoje dizem que a razão de seus sofrimentos é por causa de uma “prova de Deus” e não assumem que as trevas onde vivem são os frutos de sua obstinação por não ouvir e acatar o Conselho de Deus!
Que tipo de conselho você tem ouvido?
Que tipo de conselheiro, você tem se tornado?
Quais decisões você tem tomado na vida?
Nunca se obterá compreensão clara das situações, nem sabedoria para tomar boas decisões sem a Lei e os mandamentos. Então escolha sempre ouvir o Senhor.
Que o Senhor te abençoe!

Igreja do Evangelho Quadrangular Jardim Palmir
Culto (09 de Outubro de 2016): Pastor Marlon Góes.