Home
História da Quadrangular
Cultos on-line
Pedidos de oração
Diaconato
Louvor e adoração
Estudos Bíblicos
Galeria Fotos

Radio Ieqpalmira

Facebook

Fale conosco

Em memória Pr. Jonas da Lapa

Localização



Cultos On-line - Texto

ARREPENDIMENTO = SALVAÇÃO


Lucas 19:1-10

1 Jesus entrou em Jericó, e atravessava a cidade.
2 Havia ali um homem rico chamado Zaqueu, chefe dos publicanos.
3 Ele queria ver quem era Jesus, mas, sendo de pequena estatura, não o conseguia, por causa da multidão.
4 Assim, correu adiante e subiu numa figueira brava para vê-lo, pois Jesus ia passar por ali.
5 Quando Jesus chegou àquele lugar, olhou para cima e lhe disse: "Zaqueu, desça depressa. Quero ficar em sua casa hoje".
6 Então ele desceu rapidamente e o recebeu com alegria.
7 Todo o povo viu isso e começou a se queixar: "Ele se hospedou na casa de um ‘pecador’ ".
8 Mas Zaqueu levantou-se e disse ao Senhor: "Olha, Senhor! Estou dando a metade dos meus bens aos pobres; e se de alguém extorqui alguma coisa, devolverei quatro vezes mais".
9 Jesus lhe disse: "Hoje houve salvação nesta casa! Porque este homem também é filho de Abraão.
10 Pois o Filho do homem veio buscar e salvar o que estava perdido".
Um grande número de pessoas, vivem com uma visão negativa acerca do futuro, esperando sempre pelo pior. No entanto, o Evangelho nos chama à olhar para frente crendo em dias melhores.
Algumas pessoas tem o hábito de dizer: “Esse sujeito não tem jeito” ou “Pau que nasce torto morre torto”. Essas são apenas algumas sentenças de quem não acredita que mudar para melhor é algo necessário e possível.
Se faz necessário entender as obras de Jesus na nossa vida, para que seja quebrado todo conceito errôneo. Para experimentar e comprovar a boa, e agradável e perfeita vontade de Deus é preciso mudar a cabeça.
"E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus” (Romanos 12:2).

Existem pessoas que sempre se fazem de vítima, porque no fundo não desejam pagar o preço da mudança de mentalidade e ações.
Quero voltar com você na história. Vamos tentar compreender o motivo pelo qual é vital que vivamos uma mudança de mentalidade. Tudo se originou devido a entrada do pecado no mundo.
Qual o efeito do pecado em nós?
Do pecado se originou o primeiro assassinato, a confusão, imoralidade e toda forma de separação de Deus.
O pecado dominando sobre o ser humano, só o faz ficar pior a cada dia. Enquanto a redenção de nossos pecados pelo sacrifício de Jesus tem o efeito de nos regenerar, a vida no pecado só faz a corrupção  (apodrecimento) se acelerar.
O objetivo principal da obra de Jesus na nossa vida é que sejamos salvos do pecado.
“Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor”. Romanos 6:23. O Senhor veio para nos trazer transformação de vida.
Jesus caminhou no meio de todo tipo de pessoas para gerar nelas salvação. A obra da salvação é a transformação do homem no seu estado natural de criação.
Zaqueu era um publicado porque cobrava impostos dos seus irmãos, por isso odiado pelo seu povo, já que era considerado alguém que explorava seus próprios compatriotas.
As leis são feitas para que se tenha ordem: deveres e direitos. Jesus sempre pagou os seus tributos. O Senhor cumpria sua obrigação como cidadão.
O texto da palavra de Deus mostra que Zaqueu subiu em uma figueira brava para ver Jesus. Zaqueu tinha curiosidade para ver quem era Jesus. Mas Jesus já conhecia Zaqueu.
Jesus olha para Zaqueu e manda ele desça da figueira e contrariando a tudo e a todos, disse que ia ficar na casa dele.
Por ser um publicano os judeus julgavam-no como uma pessoa que não merecia tamanha honra. Que não tinha o direito às bênçãos de Deus.
No meio daquele povo, tinha adúlteros, mentirosos, desonestos, enfim pessoas cheias de pecados, mas, que se consideravam melhores que Zaqueu, pois, murmuravam: “Ele vai ficar na casa desse pecador!” Como pode Jesus ir comer na casa desse pecador?”
A presença de Jesus faz com Zaqueu se arrependa dos seus pecados e ofereça metade de tudo que ele tinha aos pobres e a restituição de quatro vezes mais para todas as pessoas que ele enganou.
Você teria coragem de agir como Zaqueu?
Zaqueu reconhece que era um pecador e propôs encarar de frente seus erros com disposição de assumir com as consequências. Zaqueu assume que não era perfeito e estava disposto a pagar o preço da mudança.
O Senhor Jesus afirma algo poderoso ao ver o arrependimento de Zaqueu: “Hoje a salvação entrou nesta casa”.
Zaqueu morreu e foi para o céu naquela hora? Claro que não, ele mudou a sua cabeça e deixou Jesus entrar e fazer a mudança que deveria ser feita. Jesus perdoa os pecados do ser humano, transformar o coração e caráter:  isso é SALVAÇÃO.
Esse exemplo de Zaqueu aconteceu há milhares de anos, e ainda assim em nossos dias, vemos a cena se repetir com outros personagens. Ainda há no meio do povo de Deus aqueles que não querem viver a mudança de vida, mas, gastam seu tempo apontando os erros das outras pessoas. Acusando e julgando quem são ou não dignos de salvação. São pessoas pecadoras que exigem uma santidade que elas não vivem, porém, cobram ferozmente dos outros.
Jesus estava na casa do pecador, mas o pecado de Zaqueu não contamina Jesus. Jesus veio para salvar o pecador.
“Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores” e nenhum pecador está fora de seu poder de salvação. (Lucas 5,32). ELE veio para nos oferecer a salvação, que leva a vida eterna.
A igreja é o local que tem a função de arrebanhar os pecadores para que o amor de Jesus possa transformar as pessoas e se elas abrirem o coração ao Senhor e crer que há salvação para elas em Cristo.
Temos que ter cuidado com a imagem que passamos da casa de Deus para o mundo para não contaminar o coração das pessoas.
A sociedade sempre vai cobrar uma santidade porque você aceitou Jesus como Salvador da sua vida. E o tempo todo o inimigo vai usar as pessoas para te acusar. A obra do Senhor não se contamina pelos pecados das pessoas.
Hoje houve salvação porque Zaqueu queria mudar de vida e ele mostrou atitude.
Quando você diz: “Meu casamento não tem jeito é porque você não muda a cabeça”. Somos nós que determinamos as mudanças, mas para isso precisamos estar abertos e desejar a mudança.
Escolha trocar suas fraquezas, medos, mau temperamento, pelo amor de Deus. O que nos torna melhor é a presença do Senhor gerando salvação em nós.
As pessoas tem responsabilidade pela imagem que elas passam da igreja. A igreja precisa assumir a responsabilidade que ela tem. Primeiro garanta a sua salvação para depois querer que os outros também sejam salvos.
Que no seu coração tenha mais amor e menos julgamento.
 “O filho do homem veio para procurar e salvar o perdido”. Temos que ser um agente de Deus para buscar e salvar.
Quando somos salvos o Espírito de Deus nos transforma e com isso passamos a olhar o próximo com amor e trabalhamos para ser um instrumento de Deus na vida das pessoas.
Quando o Espírito de Deus entra em nós deixamos de ser apenas aprendizes e nos tornamos enviados do Senhor.
Você já assumiu seus pecados, se arrependeu, e deixou Jesus mudar a sua vida?  A salvação muda a nossa vida e a todos que estão ao nosso redor.
O Reino do Senhor, a obra, a Palavra Santa não poder ser mal vista por causa de pessoas que vivem na imoralidade. Que você tenha temor pelas coisas sagradas. A igreja é de Jesus, então nunca brinque com as coisas de Deus.
Que você seja um instrumento de Deus para que as pessoas sejam abençoadas e SALVAS.

Igreja do Evangelho Quadrangular do Jardim Palmira e Pari.
Pastor Marlon Góes. (03  de Novembro  de 2019)