Home
História da Quadrangular
Cultos on-line
Pedidos de oração
Diaconato
Louvor e adoração
Estudos Bíblicos
Galeria Fotos

Radio Ieqpalmira

Facebook

Fale conosco

Em memória Pr. Jonas da Lapa

Localização



Cultos On-line - Texto

Ele é generoso. E você?


Mateus 20:1-16

1 "Pois o Reino dos céus é como um proprietário que saiu de manhã cedo para contratar trabalhadores para a sua vinha.
2 Ele combinou pagar-lhes um denário pelo dia e mandou-os para a sua vinha.
3 "Por volta das noves hora da manhã, ele saiu e viu outros que estavam desocupados na praça,
4 e lhes disse: ‘Vão também trabalhar na vinha, e eu lhes pagarei o que for justo’.
5 E eles foram. "Saindo outra vez, por volta do meio dia e das três horas da tarde e nona, fez a mesma coisa.
6 Saindo por volta da cinco horas da tarde, encontrou ainda outros que estavam desocupados e lhes perguntou: ‘Por que vocês estiveram aqui desocupados o dia todo? ’
7 ‘Porque ninguém nos contratou’, responderam eles. "Ele lhes disse: ‘Vão vocês também trabalhar na vinha’.
8 "Ao cair da tarde, o dono da vinha disse a seu administrador: ‘Chame os trabalhadores e pague-lhes o salário, começando com os últimos contratados e terminando nos primeiros’.
9 "Vieram os trabalhadores contratados por volta das cinco horas da tarde, e cada um recebeu um denário.
10 Quando vieram os que tinham sido contratados primeiro, esperavam receber mais. Mas cada um deles também recebeu um denário.
11 Quando o receberam, começaram a se queixar do proprietário da vinha,
12 dizendo-lhe: ‘Estes homens contratados por último trabalharam apenas uma hora, e o senhor os igualou a nós, que suportamos o peso do trabalho e o calor do dia’.
13 "Mas ele respondeu a um deles: ‘Amigo, não estou sendo injusto com você. Você não concordou em trabalhar por um denário?
14 Receba o que é seu e vá. Eu quero dar ao que foi contratado por último o mesmo que lhe dei.
15 Não tenho o direito de fazer o que quero com o meu dinheiro? Ou você está com inveja porque sou generoso? ’
16 "Assim, os últimos serão primeiros, e os primeiros serão últimos".

O texto acima, relata uma parábola que compara o Senhor Deus como sendo um dono de uma vinha que sai de madrugada a contratar funcionários e combina com esses primeiros o trabalho e seu salários. Há aqui um princípio espiritual: ser chamado cedo e receber uma promessa.
Precisamos ter maturidade para compreender o tamanho da generosidade do Senhor.
O Senhor não trabalha, vê e age como a gente vê. Tem muitas pessoas produzindo, servindo ao Senhor sem felicidade, porque acredita que tem trabalhado muito em comparação com outros e na hora de serem abençoados recebem a mesma porção.
Eis aí o atributo de Deus que vem para quebrar nossos paradigmas: a generosidade de Deus.
Generosidade:  virtude daquele que se dispõ a sacrificar seus próprios interesses em benefício do outro. O Senhor nos abençoa não porque somos merecedores, mas porque Ele é generoso.
É de suma importância aprender a ficar feliz com a bênção alheia, mesmo que aquela pessoa não tenha produzido o que você produziu.
A generosidade é algo que muitos não compreendem e nem aceitam quando é oferecida para o outro, no entanto, devemos reconhecer que Deus é o dono de tudo e todos e pode dispor suas bênçãos quando e para quem desejar! Não devemos sentir inveja daqueles que estão sendo agraciados pelo Senhor.
Você precisa se ajustar de acordo com o Reino de Deus. Olhe para você mesmo para ver a suas limitações. Não somos merecedores de nenhum denário.
Deus não nos deu o direito de julgar ninguém, isso é uma prerrogativa Dele. Nós só temos que  trabalhar.
Cada pessoa é única e diferente uma da outra e temos que respeitar essas diferenças.
Vivemos uma vida de querer ser juiz, enquanto devemos olhar para nós. Sempre temos uma opinião a dar sobre as coisas, mas nunca nos autoexaminamos para saber qual é o nosso problema e limitação.
Se olharmos para nós mesmo e passarmos mais tempo nos avaliando perceberemos que não somos diferentes dessas pessoas que julgamos. E se não fosse à misericórdia do Senhor, o que seria de nós?
O que importa é o nosso coração estar cheio de amor para servir a Deus. Nosso trabalho para Deus nem é tão bom. Deus que é generoso conosco.
Precisamos entender esse ensinamento, senão nos tornamos pessoas insuportáveis. E invés de sermos testemunhas do Evangelho para as pessoas, nossos julgamentos magoarão e as afastarão do Senhor.
Precisamos ser generosos com as pessoas, assim como o Senhor é conosco.
Precisamos ser tratados em nossos corações para aprendermos a ser generosos. Não somos abençoados por aquilo que fazemos, e sim porque o Senhor é bom e generoso.
Precisamos entender que o Reino Deus quer nos tratar em várias áreas da nossa vida, e quando aprendemos isso tornamo-nos seres humanos bem melhores.
Não dê ouvidos ao inimigo, acreditando que você que é merecedor de alguma coisa.  
Fique feliz com as conquistas e a felicidade do próximo. Devemos servir a Deus para que as pessoas sejam abençoadas em todas as áreas da vida delas, e que essa pessoa seja testemunha da generosidade e do amor de Deus.
Muitas pessoas vão viver da generosidade de Deus enquanto outras vão estar debaixo de uma  promessa. Não importa se você começou a trabalhar cedo ou se acabou de chegar, no final todos receberão o benefício da generosidade de Deus.
 Quantos trabalhos você realiza de todas as promessas que você se comprometeu com Deus?
O Senhor em sua generosidade em nenhum momento deixou de lhe abençoar.
Que você como igreja de Deus aprenda a ser generoso com as pessoas. A saúde da igreja depende de como entendemos o Reino de Deus na nossa vida. O Reino de Deus não se manifesta no meio de contendas.
O Senhor repreende o murmurador, mas não deixa de abençoá-lo. Mateus 20:15 “Não tenho o direito de fazer o que quero com o meu dinheiro? Ou você está com inveja porque sou generoso? “
Muitas vezes precisamos ser repreendidos pelo Senhor porque achamos que somos mais merecemos que os outros.
O Senhor vai cumprir o que prometeu, mas Ele vai agir muito mais com generosidade do que com justiça.
Se você entender e praticar esse princípio se tornará uma pessoa melhor e muito mais generosa.
Precisamos ser generoso para entender qual é o problema do outro. Se você entender esse princípio do Reino de Deus, invés de ser um insensível com as pessoas será mais generoso com elas.
Entenda o que Deus quer da sua vida, e realmente será uma pessoa feliz, porque entenderá o amor e a generosidade de Deus na sua vida.
Que possamos entender esse principio e a generosidade do Senhor para sermos seu imitador de forma natural.

Igreja do Evangelho Quadrangular do Jd. Palmira e Pari.
Pastor Marlon Góes. (25  de Agosto de 2019)