Home
História da Quadrangular
Cultos on-line
Pedidos de oração
Diaconato
Louvor e adoração
Estudos Bíblicos
Galeria Fotos

Radio Ieqpalmira

Facebook

Fale conosco

Em memória Pr. Jonas da Lapa

Localização



Cultos On-line - Texto

 

Quero ser como criança

Mateus 18:1-4
“1 Naquele momento os discípulos chegaram a Jesus e perguntaram: "Quem é o maior no Reino dos céus? "
 2 Chamando uma criança, colocou-a no meio deles,
 3 e disse: "Eu lhes asseguro que, a não ser que vocês se convertam e se tornem como crianças, jamais entrarão no  Reino dos céus.
4 Portanto, quem se faz humilde como esta criança, este é o maior no Reino dos céus”.

Nós devemos compreender os mistérios do Reino de Deus. Jamais devemos seguir homens, devemos aprender com o Evangelho de Jesus Cristo para colocá-lo em prática em nosso dia a dia.
A religiosidade nos impede de conhecer a Deus.
Por causa da religião as pessoas se matam e inocentes morrem.
Discussão sobre religião nunca termina bem.
O evangelho de Jesus veio para nos trazer uma cultura do reino de Deus. Venha a nós o teu reino quer dizer que o reino de Deus seja implantado em nós.
Devemos praticar o que o reino de Deus nos ensina: nos arrependermos dos pecados, viver em humildade e obediência à vontade de Deus. Além disso, precisamos caminhar em busca da justiça e se esforçar o máximo possível para fazer o melhor. Também é preciso mudar de vida se convertendo, ao renunciar o mundo para buscar a Deus.
A religião nos torna insensível, avarento, improdutivo enquanto o evangelho nos torna pessoas sábias, sensíveis, bondosas, amorosas, compreensíveis e fiéis a Deus.
Um povo que vive o Reino de Deus jamais será insensível às dificuldades do próximo e nunca será duro de coração.
O Reino de Deus organiza as pessoas por dentro com paz e amor.
Pessoas descontroladas, agressivas, malfeitoras, intolerantes não vivem o reino de Deus, dentro delas só existe religiosidade.
A religiosidade não serve para nada, ela nos torna pessoas que só querem prestigio, posição de destaque, só querem ser servidas, insensíveis, insatisfeitas com tudo, só querem crescer mais e mais não importa se para isso é preciso pisar em outras pessoas.
Aprenda que o Evangelho de Jesus não é  religiosidade, e sim viver o Reino de Deus.
Os discípulos que seguiram Jesus tinham ideologias e vidas bem diferentes uns dos outros. Só Jesus mesmo para querer caminhar junto com tantas diferenças.
A preocupação deles era quem seria o líder quando Jesus não estive mais no meio deles!
A igreja está cheia de pessoas que só querem ser lideres, mas jamais querem servir. Almejam cargos  e ministérios de destaques, mas cargos que não são tão visíveis, poucos querem.
O Reino de Deus nos ensina que somos filhos de Deus.
Os discípulos estão preocupados e suas discussões são para saber quem é o maior ou o melhor entre eles ? E Jesus percebendo a ganância deles responde:  3 e disse: "Eu lhes asseguro que, a não ser que vocês se convertam e se tornem como crianças, jamais entrarão no  Reino dos céus.”
Jesus estava falando do amor sem interesse, da confiança plena, da pureza, da capacidade de entrega, da capacidade de descansar sob os cuidados dos pais.
Jesus está querendo mostrar que somos filhos e que temos um pai amoroso, cuidadoso que dá ordens aos anjos para cuidar de nós.
O Senhor estabeleceu o irmão mais velho, o primogênito, Jesus o único digno de sentar no trono e ele tem a incumbência de cuidar de nós.
Jesus quer que você que é reconhecido como filho, seja seu discípulo, seu servo, para que o Evangelho de Jesus e o seu amor alcance tantos outros irmãos que estão desviados e perdidos pelo mundo.
Jesus não está falando de poder, demonstração de força. Ele só quer que saibamos de onde viemos, e qual é a nossa paternidade.
Os discípulos estavam preocupados em ter poder, mas Jesus os ensina que se nós não se tornamos como criança não entrará no reino dos céus.
Se o Reino de Deus opera dentro de Deus, então não faz sentido sermos orgulhosos, avarentos, sentir-se poderoso, se achar melhor que outras pessoas.
Deus não espera que sejamos super-crentes, e pessoas arrogantes. Ele espera que sejamos filhos que confiam plenamente nEle.
Deus espera atitude de afeto. Ele espera que sejamos filhos que não se gabem e se achem melhor que outros por estarem servindo-o.
Devemos ser humilde e viver uma vida simples para servir o Reino de Deus.
Então,  por que muitas pessoas acham que é preciso demonstrar força e poder?
Se você está servindo de forma errada, aprenda com Jesus se você não for como crianças seu trabalho será em vão, não entrará no Reino de Deus.
Aquele que é filho de Deus, está cheio de amor, não se acha melhor que outro, respeita o próximo, tem atitudes de humildade.
Os filhos do Rei tem a seu favor uma legião de anjos que estão prontos para defendê-los, e os demônios sabem disso.
Os filhos de Deus são herdeiros de tudo o que o Pai tem.
Seja filho e herdará o Reino dos Céus.
Seja filho e encontrará a paz que tanto procura.
Seja filho e será uma pessoa serva e cheia de humildade.
Não queira ser filho com a mesma mentalidade que tinha antes, aquela que as pessoas do mundo praticam.
Servir, cuidar das pessoas é o verdadeiro papel de filho.
Até que ponto você está disposto a renunciar por amor ao pai?
Quando entendemos que o pai é maior, entendemos o que é ser filho.
O que importar é agradar ao pai. A verdadeira igreja de Cristo deve ser tornar mais filho de Deus do que religiosos.
Deus quer ter conosco um relacionamento verdadeiro e sem interesse.
Devemos ir à casa do pai para estar na sua presença, reconhecer a sua paternidade e agradecer por todos os cuidados e livramentos do nosso dia a dia.
Deus está o tempo todo cuidando, amando os seus filhos.
Seja como um filho, não queira ser um líder arrogante, prepotente que quer só lugar de destaque.
Deixe ser cuidado e amado como filho e não precisará de mais nada.
Só basta a presença do Senhor para que você se sinta amado.
O filho de Deus jamais se sentirá solitário.
Você só precisa da presença de Deus. Ela suprirá todas as suas necessidades.
Em suas lutas tenha sempre a atitude e o olhar de filho,  pois sabe que o Pai está vendo e cuidando de todos os seus problemas.
Tenha sempre um relacionamento verdadeiro de pai e filho com o Senhor.
Deseje ser como uma criança nos braços do Pai e tenha confiança de que o Pai dará tudo que for necessário e importante para o seu crescimento saudável e abençoado.
Seja como uma criança, filho de Deus, e todas as suas necessidades serão supridas.
Podemos aprender com esse ensinamento de Jesus que a virtude que nos qualifica entrar no reino dos céus é ser humilde, dependente como uma criança. 

Igreja do Evangelho Quadrangular do Jd. Palmira e Pari.
Pastor Marlon Góes. (12 de março de 2017)