Home
História da Quadrangular
Cultos on-line
Pedidos de oração
Diaconato
Louvor e adoração
Estudos Bíblicos
Galeria Fotos

Radio Ieqpalmira

Facebook

Fale conosco

Em memória Pr. Jonas da Lapa

Localização



Cultos On-line - Texto

Vá e traga as vasilhas


Reis 4:1-7


1 Certo dia, a mulher de um dos discípulos dos profetas foi falar a Eliseu: "Teu servo, meu marido, morreu, e tu sabes que ele temia o Senhor. Mas agora veio um credor que está querendo levar meus dois filhos como escravos".
2 Eliseu perguntou-lhe: "Como posso ajudá-la? Diga-me, o que você tem em casa? " E ela respondeu: "Tua serva não tem nada além de uma vasilha de azeite".
3 Então disse Eliseu: "Vá pedir emprestadas vasilhas a todos os vizinhos. Mas, peça muitas.
4 Depois entre em casa com seus filhos e feche a porta. Derrame daquele azeite em cada vasilha e vá separando as que você for enchendo".
5 Depois disso, ela foi embora, fechou-se em casa com seus filhos e começou a encher as vasilhas que eles lhe traziam.
6 Quando todas as vasilhas estavam cheias, ela disse a um dos filhos: "Traga-me mais uma". Mas ele respondeu: "Já acabaram". Então o azeite parou de correr.
7 Ela foi e contou tudo ao homem de Deus, que lhe disse: "Vá, venda o azeite e pague suas dívidas. E você e seus filhos ainda poderão viver do que sobrar".

Tem pessoas que culpam a Deus pelos seus fracassos. No entanto, Deus tem oferecido constantemente oportunidades para evitarmos a ruína.

Deus é bom, não é Ele que gera sofrimento em nós. Deus não é sádico, ele não tem prazer em ver as pessoas sofrerem.  Só aprendemos isso conhecendo e servindo a Deus.

Deus mostra o caminho para vivermos bem. No entanto,  quando as pessoas endurecem o coração, não obedecem ao Senhor e só fazem o que querem, experimentarão do resultado de sua teimosia, e é ela que gera dores e sofrimentos, muitas vezes, inúteis e desnecessários.

Como você quer caminhar com Deus?  Servir a Deus é entendê-lo. Para entender o Senhor é preciso obedecê-lo e praticar o que Ele nos ensina.

Na passagem de 2 Reis 4 não é relatada a causa da morte do marido daquela mulher. Será que estava há muito tempo doente? Será que sua morte foi ocasionada por um ataque cardíaco, proveniente de uma ansiedade por problemas financeiros? Não sabemos, mas o fato era que aquela família estava vivendo um período terrível.  O marido, pai, chefe de família se foi e deixou de herança para a família somente muitas dívidas.

A viúva e os filhos além de lidar com a dor do luto, agora teriam que resolver os problemas financeiros.
A crise pode servir para fazer com que compreendamos a bondade de Deus. É na crise que conhecemos quem são as pessoas verdadeiras, aquelas que nos amam de verdade.
A crise nos ajuda abrir nossos olhos para a bondade de Deus. Deus usa as pessoas para nos abençoar.

Muitas pessoas na fartura confiam no seu dinheiro e não olham para o lado, para as pessoas próximas que podem ser usadas por Deus para ajudar nos seus momentos de dificuldades.

Aquela mulher recorreu ao profeta Eliseu e apresentou os seus problemas, e ao mesmo tempo em que ela apresentava as qualificações do marido ela também relata as dificuldades financeiras que a família estava vivendo.
A situação era tão séria que os credores iriam levar seus filhos como escravos como pagamento da dívida.

O profeta Eliseu responde a mulher com uma pergunta: “Como posso te ajudar? O que você tem em sua casa?” E a mulher respondeu: “Eu não tenho nada além de uma vasilha de azeite. O azeite de oliva era considerado um artigo muito valioso e versátil, tanto poderia ser usado como combustível, alimento e também remédio.

Eliseu pediu à viúva e seus filhos para pegar emprestado tantas vasilhas vazias quanto possíveis, de seus vizinhos. Deveriam trazer pra casa, fechar a porta e então despejar o azeite da pequena botija nos recipientes vazios. Fizeram como Eliseu ordenara e ocorreu um milagre maravilhoso. O azeite na pequena botija continuou a sair até que todos os vasilhames na casa estivessem cheios!

Deus faz maravilha e milagre com o pouco que temos. Você acha que não tem talentos, recursos e se define como uma pessoa que não tem nada? Talvez você já tenha orado: “Senhor, preciso de um milagre”. E ao ser questionado por Deus sobre o que você tem, sua resposta foi idêntica a da viúva: “Eu não tenho nada”.

Quem está esperando um milagre trabalha em dobro. As pessoas querem o milagre sem nada fazer. Não ora, não faz propósito, não obedece as ordens de Deus, assim não funciona. Se queremos um milagre precisamos “sair e trazer as vasilhas”.
Se aquela mulher soubesse o milagre que Deus ia fazer na vida dela ela, com certeza traria muitos mais vasos para casa.
Quando não temos esse entendimento, o que Deus pode ou vai fazer, pegamos poucos vasos. Tente imaginar a mulher vendo aquela quantidade de azeite. Deus sabe, pode e quer fazer muito mais do que você tem imaginado!
Deus está mandando você fazer algo? Obedeça, isso é ter fé Nele e em todos os Seus propósitos.
Obedeça a Deus sem questioná-lo.
Aquela viúva recebeu  o milagre, mas não sabia como lidar com ele. Ela voltou e falou ao profeta Eliseu: “Eu enchi os vasos, e agora?”. O profeta Eliseu disse: “Vai, vende o azeite e paga a tua dívida; e, tu e teus filhos, vivei do resto”. Esta mulher e seus filhos saíram da presença de Eliseu com grande alegria e liberdade por causa do milagre do azeite.
 Tem gente vivendo o milagre de Deus e ainda não está entendendo o que deve fazer com ele!
Por não acreditar limitamos o milagre, como aquela mulher que poderia ter muitas outras botijas. Ela tinha um problema, e Deus resolveu aquele e tantos outros. Ela podia pagar os devedores e viver com o resto que sobrou.

Temos tendência a limitar o milagre de Deus, porque pedimos desacreditando. Se posicione e trabalhe pelo milagre até que ele se realize.

Tudo o que Deus faz é suficiente para nos abençoar. Todos nós estamos propensos a viver crises, seja ela financeira, emocional ou de saúde.

É na crise que aprendemos a maneira que Deus nos protege. Nunca viveremos milagres se não deixarmos Deus nos tratar em coisas pequenas.

Aquela pessoa que você despreza, aquele pouco recurso financeiro, seu pouco vigor, podem ser os instrumentos que Deus  usará para mudar a sua história. Comece a dar importância para as pequenas coisas que você não tem dado valor. Coloque tudo isto diante Dele, e veja a Sua bondade, o quanto Ele é poderoso e faz tudo muito mais do que pedimos ou imaginamos!

Igreja do Evangelho Quadrangular do Jd. Palmira e Pari.
Pastor Marlon Góes. (09 de Junho de 2019)